domingo, 10 de julho de 2016

OS DEÍSTAS FAZEM ORAÇÕES?

A resposta é: Não todos. Mas alguns deístas fazem apenas orações de agradecimento e apreço, meditação ou exercício do pensamento positivo. Muitos deístas clássicos eram críticos de alguns tipos de oração. Por exemplo, no cristianismo, Matthew Tindal argumenta contra a reza por milagres, mas a oração defende tanto como direito humano e uma necessidade humana. Hoje, deístas realizam uma variedade de opiniões sobre a oração. Alguns deístas crêem que Deus não é uma entidade que pode ser contactada por seres humanos através das petições de alívio, mas sim, Deus só pode ser experimentado através da natureza do universo. Alguns deístas não acreditam na intervenção divina, mas ainda encontram o valor da oração como uma forma de meditação, auto-limpeza e de renovação espiritual.

Deixamos aqui um exemplo de como poderia ser uma "prece deísta", pode não ser do agrado de todos mas se aproxima bastante das afirmações de grande parte dos deístas.

MEDITAÇÃO DEÍSTA

Ao único Deus que existe, como um eterno Poder Criador,
Que não tem preferência por nenhuma raça da humanidade,
Com suas sábias Leis Naturais a todos rege com igualdade,
Que ama e quer bem os seus "Filhos" de uma forma imparcial,
Que não tolera a maldade, pois a sua eterna justiça predomina,
Que para as criaturas humanas e honestas o seu caminho ilumina,
É para nós um farol de Grande Luz, uma Inteligência Universal!

Essa Sabedoria Cósmica é Força Criadora, um Foco de Luz Total,
Não se imiscui na vida alheia, mas quer o bem permanente, 
Também não ampara os maus que erram conscientemente,
Não possui nenhum imaginário "Paraíso em Plano Celestial",
Para receber seus "Compadres" dessa ou daquela religião,
Que imaginam que as suas faltas após a morte terão perdão.
Pois um "Deus" que realmente existe não derroga suas Leis para o mal!

Ao "Deus Único", que não delega suas sábias e eternas Leis imutáveis,
Através de "procuradores", "doutores" ou outros representantes,
Que não deixou "Livros Sagrados" ou qualquer escrito antigo,
Para impressionar "rebanhos humanos" reunidos em "Santuários",
Onde pode existir tudo, menos a presença do "Deus Verdadeiro".
Que ama os seus filhos, como faz um pai amigo e companheiro.

A esse Deus, que não era somente do povo judeu, e sim da humanidade.
É o Deus de todos os habitantes da face da Terra, agora existentes,
Que ama e quer bem seus Filhos de forma igual, sem pretendentes.
Essa "Inteligência Universal" é excelsa e existirá para toda eternidade!
Existirá para sempre como Força Total e Suprema, com suas leis naturais,
Que regem do micro ao macro cosmo de uma forma imparcial!

Assim todas suas partículas se harmonizam com o plano cósmico,
Não se coaduna com os maus que se escondem entre os demais,
Pois ninguém consegue para sempre viver nos antros da maldade,
Pelos seus atos cada ser terá que assumir a responsabilidade,
Com certeza a sua Luz Purificadora penetra todo o Espaço Sideral,
E como partes dessa Força Suprema contemplamos a sua grandiosidade! 

-------------------

Adaptação do poema "Inteligência Universal", de Gilnei Castro Müller.
Fonte: Gazeta do Racionalismo Cristão.



Nenhum comentário: