sexta-feira, 17 de junho de 2016

O QUE SERIA A PALAVRA DE DEUS?

Talvez alguns digam: Será que não temos nenhuma palavra de Deus, nenhuma revelação? Eu respondo: Sim, há uma palavra de Deus, mas não é uma revelação: A palavra de Deus é a criação que vemos. E é nesta palavra que certos homens não podem falsificar ou alterar o que Deus fala ao homem universal.

A linguagem humana é local e mutável e, portanto, incapaz de ser utilizada como meio de informação imutável e universal. A ideia de que Deus enviou Jesus Cristo para publicar, como eles dizem, o evangelho a todas as nações, desde uma extremidade da Terra até a outra, é compatível apenas com a ignorância de quem não sabia nada sobre a extensão do mundo e que acreditavam que a Terra era plana.

Mas o que era Jesus Cristo para fazer qualquer coisa a todas as nações? Ele poderia falar, mas uma língua que era aramaico e existem no mundo várias centenas de línguas. Todo homem que saiba alguma coisa de línguas sabe que é impossível traduzir de uma língua para outra, sem perder uma parte do significado original, o que frequentemente confunde o sentido e além de tudo isso, a arte da impressão era totalmente desconhecida no momento em que Cristo viveu.

É sempre necessário que os meios que estão realizando qualquer termo sejam iguais a realização desse fim ou no final, não poderá ser realizado. É neste que a diferença entre poder e sabedoria do finito e infinito se descobre. O homem frequentemente falha em realizar os seus fins, a partir de uma incapacidade natural do poder para o feito e frequentemente da falta da sabedoria para poder aplicar as técnicas corretamente. Mas é impossível para o poder infinito e sabedoria falhar como o homem falha. 

A linguagem humana, tanto mais que não existe uma linguagem universal, é incapaz de ser utilizada como um meio de informação universal imutável e uniforme e, portanto, não é o meio que Deus usaria para manifestar-se universalmente ao homem. É só na Criação que todas as nossas ideias e concepções de uma palavra de Deus pode se unir. 

A Criação fala uma linguagem universal, independente da fala ou linguagem humana, multiplicada instantaneamente a todos. É um original já existente que cada homem pode ler. Ele não pode ser falsificado nem perdido, não pode ser alterado nem suprimido. Ele não depende da vontade do homem se ele deve ou não ser publicado e publica-se de uma extremidade da terra até a outra. Ela prega a todas as nações, de todos os mundos, revelando ao homem tudo o que é necessário para que conheça Deus.

Queremos contemplar o seu poder? 
Podemos vê-lo na imensidão da Criação. 

Queremos contemplar a sua sabedoria? 
Podemos ver na ordem imutável pelo qual o todo incompreensível é governado! 

Queremos contemplar a sua generosidade? 
Vemos isso na abundância com que enche a terra. 

Queremos contemplar sua misericórdia? 
Podemos ver na abundância. 

Em suma, queremos saber o que é Deus? Pare de procurar naquele livro chamado de “Escritura Sagrada” e que qualquer mão humana pode fazer, mas na Escritura chamada Criação.

-----------------

Autor: Thomas Paine



Nenhum comentário: